top of page

Roteiro de dois dias em Praga: o que fazer em uma das cidades mais lindas da Europa!

Caminhar pela Praça Velha, subir na Torre do Relógio e tirar altas fotos na Ponte Carlos são apenas algumas das atividades para você fazer no seu roteiro de dois dias em Praga. Também conhecida como a “cidade das 100 torres” não é exagero dizer que a capital da República Tcheca é uma das mais lindas da Europa, e por que não, do mundo. Por isso, pegue o seu tênis, uma garrafinha de água, e prepare-se, para andar e subir muitas escadas. Confira!





Praça da Cidade Velha


Comece o seu primeiro dia em Praga conhecendo a Praça da Cidade Velha. Super agitada, ela conta com inúmeros restaurantes, lojas e, é claro, muito monumentos e edifícios históricos. Entre eles, o que mais chama a atenção é o Relógio Astronômico. À primeira vista, ele pode parecer apenas um simples relógio. No entanto, ele vai muito além de marcar as horas. Ele também mostra as posições do Sol e da Lua, o calendário astronômico e os signos do zodíaco. 


Em seguida, visite a Antiga Prefeitura. Fundada em 1338, ela é um dos marcos mais históricos da cidade. É lá que fica a Torre da prefeitura, com 69,5 metros de altura. Foi nessa torre que aconteceram as duas defenestrações de Praga, uma em 1419 e a outra em 1618. A Defenestração de Praga é o nome dado a dois eventos dramáticos na história, onde políticos e religiosos foram literalmente arremessados pelas janelas. Sim, era assim que os tchecos resolviam seus problemas na idade média, jogando políticos corruptos do alto de uma torre. Se a moda pegasse……


Ainda na Antiga Prefeitura de Praga, você pode subir a torre para desfrutar de uma vista panorâmica espetacular da cidade. Além disso, você pode explorar salas históricas como a Capela da Virgem Maria e a Sala do Conselho, visitar a prisão medieval e a cidade subterrânea. Na Praça Velha também vale a pena visitar Igreja de São Nicolau e a Igreja de Nossa Senhora Diante de Týn


Em seguida, ande mais 10 minutinhos e vá até a Torre de Pólvora. Erguida em 1475, é uma estrutura gótica que serviu como parte das muralhas defensivas da cidade. Originalmente conhecida como Torre Nova, tornou-se um depósito de pólvora no século XVII, originando seu nome atual. 


Bairro Judeu


Almoce na Praça Velha e na parte da tarde vá até o Bairro Judeu, outro ponto turístico imperdível da cidade que precisa estar no seu roteiro de dois dias em Praga. A 296 m da Praça Velha, você pode ir até lá andando, ou pegar a linha A da estação de metrô Staroměstská. 


No Bairro Judeu, você pode mergulhar na rica herança judaica da cidade através da visita a várias sinagogas históricas, como a Sinagoga Espanhola e a Sinagoga Velha-Nova, que abriga uma exposição sobre a vida judaica na Idade Média. Além disso, você pode explorar o Antigo Cemitério Judaico, onde as lápides se amontoam em camadas devido à falta de espaço, proporcionando uma visão única da história judaica. Por fim, o Museu Judaico oferece uma coleção fascinante de artefatos, documentos e exposições sobre a história, a cultura e a religião judaica na República Tcheca. 



Para fechar o primeiro dia em Praga com chave de ouro, o passeio de barco é uma experiência mágica que revela a cidade sob uma nova luz. Além disso, depois de andar o dia todo pelas ruas da cidade, você pode finalmente descansar as pernas e admirar Praga pelas águas do rio Vltava.









Você pode começar o segundo dia do seu roteiro de dois dias em Praga na Ponte Carlos que além de ser o cartão postal da cidade, sem dúvida é o ponto turístico mais “instagramável” de todos. Construída no século XIV, sob o reinado de Carlos IV, ela conecta a Cidade Velha ao Castelo de Praga, estendendo-se sobre o rio Vltava. Rodeada por 30 estátuas barrocas de santos e figuras históricas, a ponte oferece uma caminhada tão apaixonante, que você vai até esquecer os pés doendo de tanto andar.


A Torre da Ponte Carlos é uma das mais impressionantes torres góticas da Europa. Situada na entrada da icônica Ponte Carlos, ela servia como ponto de defesa e era simbolo da cidade. Apesar de cansativo, vale a pena subir os degraus da Torre, pois ao chegar no topo você terá uma das vistas mais bonitas de Praga. Prepare a câmera!



Agora é hora de pegar o bonde ou o metrô e ir até Mala Strana. Malá Strana, ou Cidade Pequena, é um bairro encantador de Praga, situado entre o rio Vltava e o Castelo. Fundado no século XIII, é um labirinto de ruas sinuosas, repletas de edifícios barrocos coloridos, palácios históricos e jardins escondidos. No coração do bairro está a Praça de Malá Strana, com a Igreja de São Nicolau. Com cafés aconchegantes, pubs tradicionais e galerias de arte, Malá Strana combina uma rica herança cultural com uma atmosfera romântica e boêmia, tornando-se um dos lugares imperdíveis da cidade.


Lá visite o Muro de John Lennon, uma explosão vibrante de cor e um símbolo de paz, amor e liberdade. Este mural começou na década de 1980 como um espaço para grafites inspirados nas mensagens de paz e letras das músicas dos Beatles, especialmente após a morte do cantor. 


O Moinho de Água de Praga, conhecido como "Velká Strana", também está localizado no bairro de Mala Strana, próximo à Ponte Carlos, às margens do rio Vltava. Este moinho histórico é uma das poucas estruturas remanescentes de um antigo complexo de moinhos que uma vez ocupou a área. 


Finalize sua visita ao bairro, na Petřín Tower, localizada no topo da colina Petřínque. A torre é uma réplica em miniatura da Torre Eiffel de Paris e oferece aos visitantes uma vista ainda mais espetacular de Praga e de seus arredores. Você pode subir até o topo a pé- se ainda tiver disposição- ou de bondinho.



De Malá Strana, você pode subir caminhando pela escadaria Zámecké schody até o Castelo de Praga, uma maravilha arquitetônica e um símbolo icônico da história e cultura tcheca. Situado em uma colina sobre o rio Vltava, este complexo é uma coleção de palácios, igrejas, torres e pátios, que abrangem mais de 70.000 metros quadrados, fazendo dele o maior castelo antigo do mundo. Desde o seu início no século IX, o Castelo de Praga foi o centro do poder dos reis boêmios, imperadores do Sacro Império Romano e presidentes da República. Hoje, seus edifícios abrigam tesouros artísticos, incluindo a Catedral de São Vito, o Palácio Real e a famosa Rua Dourada, atraindo milhões de visitantes todos os anos. 



A Torre de Transmissão de Žižkov, conhecida carinhosamente como Žižkov TV Tower, é uma obra arquitetônica que se destaca no horizonte de Praga. Com seus 216 metros de altura, ela é uma fusão de tecnologia moderna e arte contemporânea. O que a torna verdadeiramente única são as esculturas de bebês gigantes que parecem escalar suas colunas, uma criação do artista tcheco David Černý. Além de sua estética um tanto quanto controversa, a torre oferece vistas deslumbrantes de Praga a partir de seu mirante a 93 metros de altura. 




Dica para visitar Praga 


Praga é daqueles lugares cujo charme e beleza estão presentes em cada canto, ruazinha e esquina, fazendo com que o ideal seja explorá-la caminhando. No entanto, a cidade é repleta de metrô e bondes que alcançam os principais pontos da cidade. Por isso, para conhecer Praga de forma mais rápida e econômica use o Prague Visitor Pass. Ele é um passe que permite que você entre nas principais atrações da cidade e use o transporte público de forma totalmente gratuita. 


Enfim, com esse roteiro e essas dicas, você estará pronto para aproveitar o melhor do seu roteiro de 2 dias em Praga. Boa Viagem!




12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page